Siga-nos nas redes sociais

Exposição fotográfica NAC 10 anos

A exposição fotográfica “NAC 10 anos”, do fotógrafo Marcelo Villas Boas, é uma retrospectiva composta por 80 imagens selecionadas, dos 8 espetáculos criados pelo Núcleo de Artes Cênicas (NAC), coordenado pelo artista-pesquisador-pedagogo Lee Taylor. A apresentação deste acervo celebra uma década de trabalho pedagógico, pesquisa e criação artística, desenvolvidos pelo NAC. Cada fotografia ressalta a essência única de cada espetáculo, imortalizando momentos efêmeros de expressões individuais e coletivas do elenco. Ao percorrer a exposição, os visitantes terão a oportunidade de mergulhar na poética de cada obra, testemunhando a estética proposta na composição das cenas e a visão artística singular de Marcelo Villas Boas. As imagens expostas são uma homenagem aos entrevistados(as), que a partir de seus relatos deram origem às personagens, e à dedicação incansável dos artistas de teatro, que atravessam e provocam o público com suas performances. Cada foto é um portal para a presença vibrante e a humanidade que transborda de cada obra fruto da pesquisa documental realizada pelo coletivo, trazendo à tona memórias e sentimentos que se entrelaçam com a história do NAC.

A exposição fotográfica faz parte das atividades do Festival NAC 10 anos, que começa no dia 9 de agosto de 2023, e marca a retomada da parceria entre a Unibes Cultural e o Núcleo de Artes Cênicas (NAC), criado na instituição em 2013 e coordenado pelo artista-pesquisador-pedagogo Lee Taylor.

 

Fotos:

Marcelo Villas Boas – Ator e fotógrafo, iniciou sua carreira fotográfica registrando os ensaios e bastidores dos espetáculos em que atuava a partir de 2009. Rapidamente expandiu seu trabalho para fotografar outras peças, artistas e palcos em geral. Em seu currículo fotográfico, registrou nomes importantes do cenário artístico, como Antunes Filho, Lee Taylor, Marcos de Andrade, Johana Albuquerque, Rodolfo Vaz, Hermeto Pascoal, Henrique de Oliveira, Eric Lenate, Alexandre Mate, Maria Thaís, Paulo Miklos, além de coletivos teatrais como Bendita Trupe, Màli Teatro e o Grupo de Dança Lagartixa na Janela, entre outros. Atualmente, Marcelo também se dedica à fotografia do cotidiano nas ruas, além de manter o foco em diversos tipos de palcos. Sua última exposição foi realizada no Tusp, em 2017, onde apresentou um compilado fotográfico de todas as peças realizadas pelo NAC desde 2013. Além disso, atuou como pesquisador iconográfico no livro “Teatro Sesc Anchieta, um ícone paulistano”, escrito por Alexandre Mate. Neste mesmo livro, Marcelo teve uma de suas fotos publicadas, um retrato do mestre Antunes Filho. Suas fotografias já foram publicadas em jornais de grande circulação e também já realizou uma exposição virtual intitulada “Brasílias” para o Coletivo de Jornalismo Independente Jornalistas Livres. Marcelo exerce a função de fotógrafo no Núcleo de Artes Cênicas (NAC), coordenado por Lee Taylor, desde 2013.

Para conhecer: https://mavillasboas.wixsite.com/palco-e-fotografia

 

Curadoria:

Lee Taylor – Ator, diretor, pesquisador teatral, idealizador e coordenador artístico-pedagógico do Núcleo de Artes Cênicas (NAC). De 2004 a 2013, integrou como ator e professor de atuação o Centro de Pesquisa Teatral do Sesc (CPT), coordenado por Antunes Filho, e protagonizou os espetáculos “A Pedra do Reino” (2006) [Destaque Cultural do Ano do Governo do Estado de Goiás], “Senhora dos Afogados” (2008), “Foi Carmen” (2008) [Espetáculo sobre Carmen Miranda, inspirado no butô do dançarino japonês Kazuo Ohno], “A Falecida Vapt-Vupt” (2009) e “Policarpo Quaresma” (2010). Em 2016, estreou como protagonista do espetáculo “Na Selva das Cidades”, dirigido por Cibele Forjaz, com a Mundana Companhia. No cinema, participou do elenco de “Salve Geral” (2009), “Estamos Juntos” (2011), do curta-documentário “O Ser Transparente” (2012), “Riocorrente” (2013), “Entre Nós” (2013), “Unicórnio” (2016), “Paraíso Perdido” (2017). Em 2013, dirigiu “Holoch”, com a dançarina de butô e performer Emilie Sugai. [Contemplado pela Cooperativa Paulista de Dança com o prêmio de Melhor Criação em Dança Solo]. Em 2014, fez a direção de “LILITH S.A.”, e, em 2015, concebeu o projeto Antologia Documental e dirigiu “DOC. (des)prezados” (2015), “DOC. educação” (2015), “DOC. eremitas” (2017), “DOC. A.A.A.” (2017) e “DOC. malcriadas” (2020), experimentos teatrais resultantes do curso de atuação do NAC. Participou das séries “Psi” (2015), “O Hipnotizador” (2015), “O Mecanismo” (2018), “Onde Nascem os Fortes” (2018), “Irmandade” (2019). Atuou nas novelas “Velho Chico” (2016) [Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Extra de Televisão (Revelação masculina), Prêmio F5 (Revelação do ano), entre outros], “A Dona do Pedaço” (2019). Em 2021, concebeu e dirigiu a obra audiovisual “Aka”, uma homenagem a Tomie Ohtake, com Emilie Sugai. Participou da série “Negociador”, a ser lançada dia 21 de julho de 2023 pela Prime Vídeo.

 

Confira nossa programação!

Acesse nosso site e redes sociais e descubra shows, palestras, exposições, cursos e demais eventos, presenciais e on-line, nas áreas de cultura, empreendedorismo, longevidade, inovação, entre outros.

Programação

Local

R. Oscar Freire, 2500 - Sumaré São Paulo, SP 05409-012

Telefone

11 3065-4333
25 de abril às 19:00
LANÇAMENTO DO LIVRO "CELIA VAINZOF: NASCI PARA CUIDAR"
27 de abril às 10:30
SUMMIT DA PERIFERIA PARA O MUNDO
27 de abril às 12:00
FESTIVAL DE FOTOGRAFIA DE SÃO PAULO
10 de maio às 20:00
CONCERTO O ALAÚDE BARROCO ITALIANO
11 de maio às 15:00
CLUBE DE LEITURA RACIAL
11 de maio às 19:30
O QUE VOCÊ VÊ - UM SHOW NO ESCURO
Shopping Basket

Design by VENONE Agência de design