Siga-nos nas redes sociais

Exposição Do Samba ao Funk em 100 Anos

A exposição Do Samba ao Funk em 100 anos transcende a experiência musical para trazer uma narrativa visual envolvente, que explora a rica tapeçaria cultural construída no Rio de Janeiro ao longo de um século. A mostra promove um diálogo entre som e espaço, em que os ritmos contagiantes do Samba e do Funk são traduzidos em imagens vibrantes. As obras expressam o olhar singular do renomado fotógrafo Dede Fedrizzi. Sua lente habilmente captura a essência dos morros cariocas, não apenas como um espaço físico, mas como o berço desses dois gêneros que fazem parte da alma da cidade.

Fedrizzi exalta as cores antes suaves do cotidiano dos morros, injetando-lhes uma vitalidade que transcende a realidade para criar uma leitura autoral profunda. As imagens revelam um mundo saturado, em que os tons se tornam a voz do artista, narrando histórias de um lugar onde a música é tão palpável quanto as superfícies retratadas. O fotógrafo eleva o trivial ao extraordinário ao transformar fachadas pálidas em telas vivas que evocam os ritmos musicais que dão nome à exposição.

Esta coleção de imagens é mais do que uma mostra; é uma jornada pelas cores, formas e texturas que moldam a vida nas comunidades vibrantes do Rio. O artista nos convida a enxergar além das imagens – ele nos desafia a sentir o ritmo e o movimento inerentes à arquitetura irregular dos morros, onde a vida brota e a arte se manifesta espontaneamente. As construções, livres das amarras da arquitetura tradicional, dançam ao som de um padrão visual, guiando o observador numa dança imagética que espelha ora o gingado do samba, ora a batida do funk.

A exposição, em cartaz no muro lateral que dá acesso à estação Sumaré do metrô, é um convite para que os visitantes se permitam ser guiados pela geometria, luz e cor, refletindo sobre como estes elementos se entrelaçam com a música para criar um ritmo visual único. “Do Samba ao Funk em 100 anos” é uma homenagem à expressão autêntica e à criatividade sem fronteiras – uma celebração da construção da vida possível.

 

Fotógrafo:

Dede Fredrizzi é cineasta, fotógrafo e diretor de arte. No final da década de 1970, muda-se do Rio Grande do Sul para São Paulo em busca de uma melhor formação profissional e expansão artística. Em 1983 inicia carreira internacional, fixando-se inicialmente na Suíça, depois Espanha, Grécia e Alemanha. Após 8 anos na Europa, Dede muda-se para Nova Iorque, EUA, onde vive parte do tempo até hoje. Atua como fotógrafo de moda e de arte, com mais de 25 exposições individuais pelo mundo que vão da Embaixada do Brasil em Madri à Galerias em Paris e Zurich, Galeria Dactyl Foundation em Nova Iorque, Bienal de São Paulo e Bienal de Roma, onde ganhou medalha de ouro.

 

Programação

Local

R. Oscar Freire, 2500 - Sumaré São Paulo, SP 05409-012

Telefone

11 3065-4333
27 de abril às 12:00
FESTIVAL DE FOTOGRAFIA DE SÃO PAULO - EXPOSIÇÕES
24 de maio às 19:45
SHOW “PRIMEIRO CÉU” POR YAMAN TRIO
26 de maio às 11:00
LANÇAMENTO DO LIVRO “INGRID, A FLHA DO COMANDANTE”
Shopping Basket

Design by VENONE Agência de design