Siga-nos nas redes sociais

Aka, com Emilie Sugai, dialoga com a obra de Tomie Ohtake

O site specif Aka, dirigido por Lee Taylor, com Emilie Sugai, é mais uma atração do festival que comemora os 10 anos do Núcleo de Artes Cênicas criado por Lee Taylor para fomentar o teatro. O trabalho foi concebido por Emilie Sugai e Lee Taylor, e filmado pelo cineasta Joel Pizzini no teatro FAAP, em 2021.

O roteiro cênico de Aka, “vermelho” em japonês, inspirou-se na estética das linguagens desenvolvidas pela artista plástica Tomie Ohtake (1913-2015), e é composto de quatro estações: esboços, gravura, pintura e escultura. Cada estação possui uma cor predominante que remete às cores mais usadas nos trabalhos de Tomie Ohtake: o branco, o amarelo, o azul e o vermelho. Aka atravessa a arte abstrata de Tomie Ohtake, de modo sensorial, propondo um diálogo interdisciplinar entre as artes plásticas e a dança butô.

 

Emilie Sugai é coreógrafa, dançarina de butoh, performer, desenvolve uma linguagem própria e singular, em criações solos e em grupos, fruto de suas inquietações artísticas e de vida, geradas das influências recebidas de seu mestre Takao Kusuno entre 1991 e 2001. Foi premiada com a Bolsa Vitae de Artes (1999) e com a Bolsa UNESCO-Aschberg (2003), para ministrar um ateliê coreográfico no Senegal (África), com dançarinos e percussionistas tradicionais. Recebeu os prêmios FUNARTE de Dança Klauss Vianna (2006/2007), APCA melhor concepção em dança em 2008 para “Hagoromo”, Denilto Gomes para “Holoch” de melhor concepção em dança de 2013 pela Cooperativa Paulista de Dança, entre outros.

 

Direção:

Lee Taylor – Ator, diretor, pesquisador teatral, idealizador e coordenador artístico-pedagógico do Núcleo de Artes Cênicas (NAC). De 2004 a 2013, integrou como ator e professor de atuação o Centro de Pesquisa Teatral do Sesc (CPT), coordenado por Antunes Filho, protagonizando diversos espetáculos. Em 2016, estreou como protagonista do espetáculo “Na Selva das Cidades”, dirigido por Cibele Forjaz, com a Mundana Companhia. No cinema, participou do elenco de “Salve Geral” (2009), “Estamos Juntos” (2011), do curta-documentário “O Ser Transparente” (2012), “Riocorrente” (2013), “Entre Nós” (2013), “Unicórnio” (2016), “Paraíso Perdido” (2017). Dirigiu o espetáculo “Holoch” (2013) e a obra audiovisual “Aka” (2021), ambos com a dançarina de butô e performer Emilie Sugai. Concebeu o projeto Antologia Documental e dirigiu “DOC. (des)prezados” (2015), “DOC. educação” (2015), “DOC. eremitas” (2017), “DOC. A.A.A.” (2017) e “DOC. malcriadas” (2020), experimentos teatrais resultantes do curso de atuação do NAC. Participou das séries “Psi” (2015), “O Hipnotizador” (2015), “O Mecanismo” (2018), “Onde Nascem os Fortes” (2018), “Irmandade” (2019) e “Negociador” (2023).

Ficha técnica completa do espetáculo e mais informações sobre Emilie Sugai!

 

Confira nossa programação!

Acesse nosso site e redes sociais e descubra shows, palestras, exposições, cursos e demais eventos, presenciais e on-line, nas áreas de cultura, empreendedorismo, longevidade, inovação, entre outros.

Este evento foi finalizado!

Programação

Local

R. Oscar Freire, 2500 - Sumaré São Paulo, SP 05409-012

Telefone

11 3065-4333
27 de abril às 12:00
FESTIVAL DE FOTOGRAFIA DE SÃO PAULO - EXPOSIÇÕES
24 de maio às 19:45
SHOW “PRIMEIRO CÉU” POR YAMAN TRIO
26 de maio às 11:00
LANÇAMENTO DO LIVRO “INGRID, A FLHA DO COMANDANTE”
Shopping Basket

Design by VENONE Agência de design