Carregando Eventos

« Todos Eventos

Data:
18 de novembro
Hora:
14:00 - 19:00
Período:
18 de novembro

Grande sertão: virada – Uma travessia pelo universo de Guimarães Rosa com narração de estórias, música, oficinas e os sabores do sertão

18 de novembro | 14:00 - 19:00

Evento Navegação

Atualizado em 27 de outubro, às 11h28

Para homenagear o escritor João Guimarães Rosa (1908 – 1967), o evento-ocupação “grande sertão: virada” acontece em 18 de novembro, domingo, das 14h às 19h, na Unibes Cultural.

Idealizada pelo jornalista e músico Alexandre Moschella, a iniciativa gratuita faz uma travessia pelo universo de Guimarães Rosa, com uma programação especial que conta com narração de estórias do modernista pelo Grupo Miguilim – formado por adolescentes de Cordisburgo (MG), cidade natal do autor –, show, lançamento de livro, oficinas de musicalização infantil e de criação literária, cinema, bazar e gastronomia com os sabores do sertão (a seguir, veja a programação completa).

“Fazendo jus ao espírito inovador e provocador de Guimarães Rosa, o encontro promove uma série de atrações que misturam linguagens e formatos diversos”, explica Moschella. O evento conta com coordenação de Rosa Haruco Tane, Regina Pereira e Linda Rivitti e da Oficina de Leitura João Guimarães Rosa (IEB-USP).  Classificação: Livre.

LEIA TAMBÉM
Oswaldo Faustino debate ensino da História da África em encontro gratuito
Com disco “Omindá”, André Abujamra realiza 4 shows na Unibes Cultural
Exposição “50 anos de mídia no Brasil – 1968 – 2018” permanece aberta até 3 de fevereiro

PROGRAMAÇÃO | GRANDE SERTÃO: VIRADA

14h às 19h – Grande sertão: varandas
O lounge da Unibes Cultural recebe um bazar com objetos vindos do sertão rosiano, incluindo bordados, peças de tear, capas de livros e doces, além de produtos do empório Mestre Queijeiro, localizado em Pinheiros. No mesmo espaço, Daniel Krasucki e Miriam Lazarotti lançam o livro Manuscrito perdido de João Guimarães Rosa, criado com base nas atividades da Oficina de Leitura João Guimarães Rosa, no Instituto de Estudos Brasileiros (IEB/USP).  Inscrições não são necessárias.

14h – Grande sertão: cinema
Exibição do documentário Esse Viver Ninguém me Tira, dirigido por Caco Ciocler. O filme conta a história de Aracy Moebius de Carvalho, mulher de Guimarães Rosa, que, trabalhando no consulado na Alemanha, ajudou uma centena de judeus a emigrar para o Brasil. Duração: 90 minutos.

 

14h – Grande sertão: re-verbos
A partir da leitura de um trecho de autoria de Guimarães Rosa, Daniel Krasucki e Miriam Lazarotti promovem uma oficina de escrita. Duração: 1h45min.

 

16h – Grande sertão: estórias
Ronaldo Oliveira, diretor do Museu Casa Guimarães Rosa, fala da importância e da atuação do museu na preservação da obra. Eduarda Vitória Diniz Viana, Maria Eduarda Barbosa Romanelli e Rafael Ferreira da Silva, membros do consagrado Grupo Miguilim, de adolescentes contadores de estórias de Cordisburgo, narram trechos da obra do escritor. Duração: 90 minutos.

 

16h – Grande sertão: colcheias
Enquanto os pais assistem a outras atrações, as crianças podem participar da oficina de musicalização com repertório instrumental e cancioneiro do sertão mineiro, conduzida pela musicista e educadora Fernanda Bertinato. A atividade é voltada para crianças de todas as idades (inclusive bebês e adultos acompanhantes). Duração: 90 minutos.

 

18h – Grande sertão: variações
O violonista e jornalista Alexandre Moschella, idealizador do evento-ocupação em homenagem a Guimarães Rosa na Unibes Cultural, apresenta o consagrado espetáculo que viaja pelo repertório clássico do século XX em companhia de trechos da obra-prima do escritor, Grande Sertão: Veredas. Pela primeira vez, a narração fica a cargo de representantes do Grupo Miguilim, de contadores de estórias de Cordisburgo: Dôra Guimarães, diretora, e Tiago Goulart, ex-miguilim. Duração: 60 minutos.

 

EFEMÉRIDE
Um dia após o encontro, 19 de novembro, completam-se 51 anos de morte do autor de “Grande Sertão: Veredas” (1956), “Manuelzão e Miguilim” (1964) e “Sagarana” (1946).

UNIBES CULTURAL
Rua Oscar Freire, 2.500 (ao lado da estação Sumaré do Metrô, na Linha 2-Verde) | Sumaré | São Paulo | Telefone: (11) 3065-4333

ESTACIONAMENTOS PRÓXIMOS
Rua Oscar Freire, 2.617
Rua Amália de Noronha, 127
Rua Galeno de Almeida, 148