Carregando Eventos

« Todos Eventos

Data:
25 de novembro
Hora:
20:00 - 21:00
Período:
até 25 de novembro

Muita dedicação e participação valorosa de convidados, diz André Abujamra sobre shows na Unibes Cultural

25 de novembro | 20:00 - 21:00

Evento Navegação

André Abujamra. 4 shows. Disco “Omindá, A União das Almas do Mundo pelas Águas”. Esses elementos compõem a temporada que o músico paulistano realiza na Unibes Cultural a partir de 4 de novembro. A série acontece em todos os domingos do mês, sempre às 20h. Maurício Badé (percussão), Ari Colares (percussão) e Mano Bap (baixo) acompanham o artista. Os ingressos seguem à venda e custam R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia), em até 12 vezes.

Em entrevista exclusiva, o cantor, compositor, guitarrista, percussionista, pianista e produtor musical de 53 anos adianta como serão as apresentações e fala do processo criativo do álbum lançado em março.

*

Unibes Cultural – O que o público pode esperar da temporada “Omindá, A União das Almas do Mundo pelas Águas” na Unibes Cultural?
André Abujamra – O público pode esperar por shows feitos com muita dedicação, que têm a participação valorosa de convidados que contribuíram muito para deixar tudo mais bonito. Num mundo onde parece que vivemos atrás de peças de quebra-cabeça que não se encaixam, ainda tem muito espaço para a poesia, para a arte e para a música juntar as pessoas.

Unibes Cultural – Você lançou o disco “Omindá…” com um show no Auditório Ibirapuera. A apresentação ocorrida lá será a mesma daqui?
André Abujamra – No show do Auditório Ibirapuera, contamos com a colaboração de todos os músicos que participaram do disco, inclusive o coro da Trupe Chá de Boldo, metais e cordas.

Foi uma maneira que encontramos de celebrar todos esses anos que levamos trabalhando no projeto. Mas é um show inviável para se colocar em turnê, pois havia mais de 35 pessoas no palco e isso demanda espaço físico e agenda de todos os envolvidos.

Por isso, vamos adotar uma versão onde se possa assistir aos convidados projetados no telão e acompanhar a base sonora no palco.

LEIA TAMBÉM
Temporada “Omindá”: André Abujamra realiza 4 shows na Unibes Cultural
Com músicas inéditas, Roberta Campos realiza show em prol da causa dos refugiados
Menos30 FEST chega à 5ª edição; inscrições para evento gratuito da Rede Globo seguem abertas
Manu Saggioro se apresenta na última edição de 2018 do Dandô – Circuito de Música Dércio Marques
Música e Meditação no Escuro: Maria Eugenia Anjos conduz práticas de yoga e respiração
Mostra “50 anos de mídia no Brasil – 1968 – 2018” permanece aberta até 3 de fevereiro
De Bach aos Beatles: em curso, João Marcos Coelho conta história da música

Unibes Cultural – A originalidade é uma marca do seu trabalho. No entanto, esse álbum foi inspirado no disco de algum artista que você admira?
André Abujamra – Eu admiro muitos artistas. Porém, a ideia do “Omindá…” nasceu de uma caminhada na Ilha do Mel (PR).

Foi ouvindo o mar quebrando nas pedras, no silêncio de uma praia deserta que veio a inspiração das águas, da vontade de juntar almas dos quatro cantos do planeta e fazer dessa música a união.

Unibes Cultural – Das 15 faixas do álbum, qual é a sua música favorita? Por quê? E a que gosta menos? Por quê?
André Abujamra – Você passa tanto tempo envolvido com a composição e produção de cada música que é quase impossível dizer que gosta mais de uma do que de outra.

Todas elas têm um significado importante para mim. Umas nasceram de forma espontânea, como “Real Grandeza” – quando me deparei com uma rua do mesmo nome no Rio e achei lindo.

Outras vieram de um sonho, como “Leviatan”, o único monstro citado na Bíblia. Tem algo de misterioso na criação, que te faz pensar e repensar tanto suas músicas, que elas começam a fazer parte de você.

Unibes Cultural – Como escolheu os artistas que colaboraram com você neste trabalho? Por quê?
André Abujamra – Se tem uma coisa linda que ocorreu foi que as pessoas foram aparecendo à medida que o projeto ia se concretizando.

Por exemplo, quando compus a música “Omindá” imaginava uma voz feminina narrando o texto. Na hora, me veio em mente convidar a atriz e cantora portuguesa Maria de Medeiros, que já conhecia de outra ocasião. Fizemos o convite, a agenda se encaixou – o que é o mais difícil – e, em uma manhã, filmamos a participação dela lá em Sesimbra, Portugal.

Assim foi ocorrendo com todos os convidados. Uns partiram de indicações de amigos, outros já estavam envolvidos com meu trabalho de alguma forma. E pude realizar um velho sonho de menino, que foi gravar com as Misteriosas Vozes Búlgaras (Le Mystère des Voix Bulgares, em francês), em Sófia, na Bulgária. Foi uma honra, um aprendizado inesquecível.

Unibes Cultural – Nos comunicados para a imprensa e em entrevistas, você disse que levou 11 anos para fazer esse disco e que o trabalho é para os seus pais (Cibelia Cibelli e Antônio Abujamra, ambos mortos). Nos dias de hoje, em que tudo dever ser fast e desconectado, essas decisões são corajosas. Apesar disso, não tem medo de ser visto como ultrapassado pelo público mais novo?
André Abujamra – Eu acho que a conexão com o meu público se dá pela emoção, não vai muito pelo racional, pelo formato do que faço. Conquistei o meu espaço sendo esse cara esquisito, meio maluco que faz coisas diferentes. Isso me dá uma alegria e liberdade que não troco por nada.

Posso fazer um show mais sério como “Omindá…”, mas tenho o meu lado de Mulheres Negras, meu lado Karnak, meu lado Fat Marley. Cada um me possibilita experimentar coisas novas e colocar para fora o que me passa pelo coração. Não conheço conexão melhor do que o amor. (Por Debora de Lucas/comunicacao@unibescultural.org.br)

TEMPORADA OMINDÁ, A UNIÃO DAS ALMAS DO MUNDO PELAS ÁGUAS NA UNIBES CULTURAL
Dias: 4, 11, 18 e 25 de novembro, aos domingos
Horário: sempre às 20h
Valor: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia), em até 12 vezes
Classificação: Livre

UNIBES CULTURAL
Rua Oscar Freire, 2.500 (ao lado da estação Sumaré do Metrô, na Linha 2-Verde) | Sumaré | São Paulo | Telefone: (11) 3065-4333

ESTACIONAMENTOS PRÓXIMOS
Rua Oscar Freire, 2.617
Rua Amália de Noronha, 127
Rua Galeno de Almeida, 148

Legenda & crédito da foto: Em temporada, André Abujamra realiza quatros shows do álbum “Omindá” na Unibes Cultural/Mustafa Seven/Divulgação