Início Infraestrutura Projeto Arquitetônico

Erguido, basicamente com metal, concreto e vidro, a Unibes Cultural está instalada num edifício projetado por Roberto Loeb, um dos principais arquitetos do Brasil. Uma marco arquitetônico na cidade de São Paulo semelhante a Torá (o livro sagrado do Judeu) aberta, o edifico tem duas torres de concreto de 9 m de diâmetro e um corpo central de linhas sinuosas. A torre da direita abriga elevadores e escadas; na da esquerda estão localizados sanitários, copa e equipamentos de infraestrutura.

Nos exteriores, Loeb optou por soluções que resultassem em cores neutras, para que a forma fosse o elemento de maior destaque em todo o conjunto. Os materiais escolhidos: concreto aparente, vidros fumês e estruturas metálicas – dão sobriedade ao edifício.

O acesso ao edifício é feito pela rua Oscar Freire, por meio de pequena área ajardinada, onde foram preservadas algumas árvores existentes. O hall de entrada conduz à torre de elevadores e escadas, ao teatro e à passarela curva da galeria, que conclui seu trajeto na sala de multimídia.

No teatro, a parede localizada na parte posterior do palco foi recortada, em sua parte superior, e recebeu fechamento com vidros. Essa solução permite explorar a luminosidade natural, quando o espetáculo exigir. Se necessário, o vidro pode ser escurecido por um sistema de painéis elétricos verticais, que funcionam com controle remoto. No primeiro pavimento foi criada uma área de exposições e eventos com amplas janelas circulares dotadas de caixilhos maxim-ar em sua parte central.

Acima desse piso, um mezanino abriga sala especial com biblioteca e recepção para visitantes. O terceiro andar foi reservado para as salas de aulas e o quarto, para a administração. O último pavimento oferece vista privilegiada da cidade. Ali foram instalados salão de festas, cozinha experimental e área de eventos múltiplos, que recebe iluminação zenital através de cobertura com estrutura metálica e vidros aramados.